Novidades

Fique por dentro de todas as notícias de área de urologia e mantenha-se sempre bem informado através do nosso site

01

ago

Testículos grandes aumentam risco de hipertensão, doenças cardíacas e alcoolismo

Estudo não diz exatamente o tamanho da glândula considerada grande

Fonte: O Globo

imgHandlerPesquisadores da Universidade de Florença criaram polêmica ao relacionar o tamanho dos testículos ao risco de doenças cardíacas e hipertensão, afirmando que quanto maiores as glândulas, maior a probabilidade de desenvolver essas doenças. Além disso, estes homens também tendem a ser mais pesados e a beber mais álcool, de acordo com a pesquisa — que não especificou o que seriam, exatamente, testículos grandes.

- Embora o tamanho dos testículos estejam associados à saúde reprodutiva, nossos resultados indicam que este parãmetro pode ser usado para sinalizar riscos cardiovasculares – disse a líder do estudo, Giulia Rasterelli, ao jornal “The Telegraph”.

Os pesquisadores estudaram 2.809 homens que procuraram clínicas de distúrbios sexuais, gravaram o tamanho de seus testículos e testaram o nível de seus hormônios durante sete anos. Durante este período, os pesquisadores perceberam que homens com testículos maiores tinham risco maior de desenvolver doenças cardíacas e tinham níveis mais altos de hormônio luteinizante, regulador de progesterona e que afeta o tamanho dos testículos. Este hormônio pode ser a causa dos danos à saúde.

Como a pesquisa foi feita em homens com disfunções sexuais, os pesquisadores concordam que as conclusões podem não servir para todos os homens.
Fonte: O Globo